MEGA FLASH WEB RADIO

RADIO MEGA FLASH

Translate

APLICATIVO RADIO MEGA FLASH

APLICATIVO RADIO MEGA FLASH
CLIQUE NA IMAGEM E BAIXE O APLICATIVO NA PLAYSTORE

12 maio 2020

Morre a cantora Betty Wright, que popularizou o termo 'no pain, no gain'-10/05/2020






A cantora norte-americana Betty Wright morreu aos 66 anos. Um dos grandes nomes do gênero R&B e soul, Betty deixou sucessos como Clean Up WomanTonight is the Night No Pain (No Gain).
Uma sobrinha da estrela divulgou, no Twitter, que ela faleceu na manhã deste domingo (10).
- Acabei de perder minha tia. Durma em paz, tia Betty Wright. Voe alto, anjo.
Vencedora do Grammy, a cantora norte-americana inspirou gerações de músicos. Ela foi a primeira proprietária de uma gravadora independente de música negra a ter um disco de ouro.
Além disso, Betty já foi treinadora vocal de Beyoncé, fez vocais de apoio para Stevie Wonder e já compôs para Jennifer Lopez, Michael Jackson e Gloria Estefan.
A família da artista revelou para a Essence que Betty morreu de câncer, em Miami. No dia 2 de maio, a cantora Chaka Khan,  compartilhou um tuíte e afirmou que a cantora “precisava de todas as orações”. 
Integrante de uma família de cantores de gospel, Betty lançou o primeiro disco solo, My First Time Around, aos 14 anos, em 1967. Um ano mais tarde, a artista conquistou o primeiro hit com “Girls Can’t Do What the Guys Do”. 
Nas décadas de 1970 e 1980, Betty emplacou diversos outros sucessos, como “Clean Up Woman”, “Dance With Me”, “No Pain, No Gain” e “Tonight Is the Night”, o maior hit da cantora.  
Em 1975, Betty ganhou o Grammy de Melhor Música de R&B com “Where Is the Love”. Ao longo da carreira, a cantora foi indicada para seis categorias, incluindo uma homenagem pela contribuição em “Playing With Fire”, do disco Tha Carter III, de Lil WayneAs músicas da artista também lançaram as bases para futuros hits: “Clean Up Woman” foi sampleada por Chance the Rapper, em “Favorite Song”,  Mary J. Blige, no remix de “Real Love”, e SWV, em “I’m So Into You”. Além disso, a diva pop Beyoncé sampleou a canção “Girls Can't Do What the Guys Do” em “Upgrade U”. 
Além disso, Betty também trabalhou como vocalista de estúdio e colaborou Stevie WonderClarence ClemonsStephen StillsPeter ToshDavid Byrne e Erykah Badu.
No último disco da cantora, Betty Wright: The Movie, lançado em 2011, contou com participações especiais de Lil WayneSnoop Dogg e Joss Stone. Já em 2016, Betty contribuiu para a canção “Holy Key” de Kendrick Lamar, Big Sean e DJ Khaled







Morre Little Richard, lenda do rock, aos 87 anos

Little Richard morreu neste sábado (9), aos 87 anos, de câncer ósseo, em casa. Paul McCartney disse que os Beatles não seriam os mesmos sem Richard.

Morreu neste sábado (9), aos 87 anos, o pioneiro do rock, Little Richard.
Algo muito novo nascia quando o mundo ouviu “A Wop Bop a Loo Bop” pela primeira vez. Um jovem maquiado e bem vestido, zero inibição, que de tão confortável na própria pele tocava com o pé em cima do piano. Os Estados Unidos dos anos 50 assistiram a Little Richard estupefatos.
A letra da música, que se chama Tutti Frutti, fala de namoros com Susan, Daisy… Era perigosa para a época. Foi banida de várias rádios. Little Richard, mais tarde, atribuiu a outra coisa: “Eles não queriam garotos brancos ouvindo música de preto”, disse.
Quando Richard Wayne Penniman nasceu, ser preto em muitos lugares era proibido. Principalmente no estado da Geórgia. O pai era traficante de whisky, que na época também era ilegal, e criava 12 filhos. Os tios eram pastores, e por isso ele cresceu ouvindo música gospel americana.
Aos 13 anos, o menino foi expulso de casa porque o pai achou que ele era gay. Foi para casa de uma família branca. Aos 18 começou a se apresentar em shows de calouros. No ano seguinte, já tinha contrato com uma gravadora.
A eletricidade da música mudou com Little Richard. Era o tempo em que acabava a segregação racial. Foi um sucesso atrás do outro. Paul McCartney disse que os bons moços de Liverpool não seriam os mesmos sem Little Richard.
Os Beatles o imitavam muito antes de gravaram “Long Tall Sally”, de autoria de Richard. E o rock branco de Elvis Presley virou a vitrine: colocou Tutti Frutti entre os clássicos do rock'n'roll. A carreira de sucessos durou pouco. Ainda na década de 50 entrou para igreja e renegou o rock. Viveu uma vida conturbada de abusos de drogas e conflitos internos.
Morreu neste sábado (9) aos 87 anos de câncer ósseo, em casa. A morte foi confirmada pelo filho. Mas continua muito vivo.
Mick Jagger, dos Rolling Stones, fez uma turnê com Little Richard. Hoje, disse que o assistia dançar toda noite e aprendia como entreter e envolver o público. O ex-beatle Ringo Star disse que Little Richard é um de seus heróis da música de todos os tempos. A ex-primeira-dama Michelle Obama disse que ele se negou a ser qualquer outra coisa senão ele mesmo.
E muita gente que já morreu deve muito a Little Richard: David Bowie, Prince, a banda Creedence.
Com pouco a perder, ele desbravou o caminho com coragem. E espalhou um legado com uma frase que é só um monte de sons estranhos feitos com a boca, mas que mudaram o mundo como o som de uma bomba atômica.

Nenhum comentário: